ATUE AGORA!

Photo of Make Fruit Fair demonstration

Participe!

Há muitas formas de melhorar as vidas das pessoas que produzem a fruta tropical que consumimos. Algumas delas não exigem mais do que alguns ‘cliques’ ao computador – pode enviar um apelo urgente diretamente aos responsáveis por violações de direitos das pessoas ou pela destruição do meio ambiente, a partir da sua sala ou do seu sofá. Não há nada mais fácil do que falar acerca desta campanha aos seus amigos e familiares e promover o nosso site. As histórias da fruta não terão um final feliz sem a sua ajuda – participe!

Como posso agir?

  • Participe e atue
    Divulgue a Campanha Make Fruit Fair! – na vida real e no mundo virtual!

 

  • Responda a ações urgentes
    Ajude pessoas em casos concretos de violações de direitos – todos os ‘e-cards’ contam!

 

  • Defenda a mudança
    Os políticos precisam de ouvir a sua voz – certifique-se de que as necessidades de pequenos produtores e trabalhadores agrícolas se mantêm na agenda política.

 

 

  • Recursos
    Descarregue materiais de campanha e outros recursos.

 

Porquê participar?

  • Os trabalhadores e pequenos produtores não deviam ser obrigados a pagar um preço elevado para que possamos desfrutar de fruta tropical barata.
  • Se não ajudarmos a mudar a forma como a fruta tropical é comercializada, os pequenos produtores e trabalhadores não ganharão um salário digno, o que os deixa – e às suas famílias – na pobreza.
  • Se os direitos laborais se degradam numa parte do mundo, eventualmente serão atacados em todo o lado, à medida que a pressão da competição a nível global leva outras partes do mundo, igualmente, a reduzir os custos através da redução de direitos laborais.
  • Temos a responsabilidade de proteger o nosso meio ambiente – as nossas escolhas, enquanto consumidores, podem ter um impacto direto na forma como é
  • Porque o poder é seu – enquanto consumidor, ativista e cidadão – para fazer a diferença nas vidas das pessoas que cultivam e colhem a fruta que come.
  • Porque goza de liberdade para defender os seus direitos e exprimir as suas opiniões – e porque quer que outros também tenham esses direitos.

Que impacto tem?

  • Defender a mudança através da advocacia junto de responsáveis políticos pode contribuir para mudanças estruturais que melhorem a situação de trabalhadores em países em desenvolvimento, estabelecendo regulamentos para guiar a forma como os supermercados tratam os seus fornecedores, incluindo o pagamento de preços sustentáveis aos fornecedores.
  • Responder a ações urgentes pode pressionar as empresas para que assegurem melhores equipamentos de saúde e segurança para os seus trabalhadores e para que voltem a contratar trabalhadores injustamente despedidos. Enviar um e-mail a uma empresa ou retalhista significa dar-lhes a saber que está atento e que se preocupa com a situação real no terreno… e que está a vigiá-los! Este tipo de pressão incentiva as empresas a agir proactivamente para melhorar as condições dos trabalhadores e a dialogar com os sindicatos que os representam.
  • Visitar este site e falar a outros sobre o que aprendeu são formas de sensibilização e de aumentar, no futuro, o número de pessoas que atuam!